DESTAQUE

SÃO BENTO VISITOU A SUA TERRA (ACTUALIZAÇÃO)

No domingo de Pascoela e da Divina Misericórdia, São Bento desceu do seu altar, na Igreja Paroquial, e visitou todos os lugares da freguesia...

sábado, 4 de julho de 2020

XIV DOMINGO COMUM A


XIV DOMINGO COMUM A - A partir da Palavra


XIV TC
«Eu Te bendigo, ó Pai, 
Senhor do céu e da terra…» - Ano A


Neste exato momento, Deus sussurra no meu coração um canto de Amor.

Sou um Ser único e o Pai aguarda, carinhosamente, que eu O encontre no meu peito.
O Senhor do Céu e da Terra abandona-se em mim, para que eu me abra por inteiro a Ele.
Hoje, é o meu momento de revelar à humanidade inteira que O Senhor vem até nós.
Mas, não o farei com palavras… fá-lo-ei com a minha vida… de Alma e coração! Com Alegria…

 

Deus é o meu humilde Rei e o Senhor que me salva,
mesmo quando me afasto do caminho que me propôs.
A Sua Palavra promove obras de bondade na minha vida,
especialmente, quando vacilo e fico oprimido pelo mundo.
O meu corpo tem alegria, tem esperança, tem movimento,
tem vida, tem o Seu Santo Espírito,
até quando a minha Fé na Ressurreição do Cristo Jesus estremece.

 

Hoje, 14º domingo do Tempo Comum, do Ano A,
S. Mateus recorda a oração que o Messias fez ao Pai:
«Sim, Pai, Eu Te bendigo, porque assim foi do teu agrado.»
É também do agrado de Deus que O Cristo venha ao encontro da humanidade
para revelar o Seu rosto.
Poucos são os que entendem que o Pai envia o Filho para que tu e eu,
que andamos «cansados e oprimidos», respiremos de alívio…
Esta terna oração de Jesus é muito mais do que um louvor a Deus Pai…
Jesus pede de uma forma amorosa e compassiva, a cada um de nós:
«Vinde a Mim… Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de Mim…»

 

Como quero, meu Deus e Senhor, aprender com o Teu filho!
A mansidão do Cristo que me faz pequenino e a humildade que me faz crescer,
são traços que esboço no meu autorretrato.
Dá-me, Senhor, a capacidade de aceitar a leveza da minha carga…
Aumenta a minha serenidade com a suavidade do meu jugo!
Que eu saiba, para todo o sempre, bendizer-Te, Senhor…

 

Hoje, vou até Ti, Jesus… sinto a Tua presença em mim… e a revelação faz-se!
Vou ao encontro daqueles que, como eu, perderam a inocência da infância,
e esquecem-se que habitas neles…
Ao encontrar olhos tristes e sem vida,
irei apenas sussurrar esta oração:
“Exulta de alegria! O Senhor vem ao teu encontro!”


Liliana Dinis

sexta-feira, 3 de julho de 2020

SÃO PEDRO, o Apóstolo passou entre nós...

No âmbito das festas concelhias, as freguesias e paróquias tiveram a graça de ser visitadas pelo 'primeiro' dos Apóstolos - São Pedro. Não obstante as restrições e os distanciamentos devidos, muitos foram os que se 'abeiraram' para saudar e rezar. Anexo um resumo em 3 documentos visuais, uma junção de várias momentos, que podem exprimir um pouco do que aconteceu na noitinha de 27 e tarde de 28 de Junho, nas ruas de São Bento, de Alvados e de Mira de Aire.






















segunda-feira, 29 de junho de 2020

SS PEDRO & PAULO (29 de Junho)

Solenidade de São PEDRO e São PAULO, Apóstolos

Para quem tem Fé
é tão fácil as horas transformarem-se em dias e os dias em meses e os meses em anos!
Para aqueles que escutam a voz do Pai
é tão bom abandonar a vida nas Suas mãos, nos Seus insondáveis desígnios!
Para cada um de nós, que somos Baptizados,
que vivemos por Cristo, com Cristo e em Cristo,
é tão maravilhoso proclamar que Amamos o Messias!

Hoje, celebramos dois Apóstolos de Jesus.

Saulo… Aquele que na queda viu a intensidade da Luz,
do “Verbo que se fez carne” e nos ofereceu a salvação!
O perseguidor que passou a perseguido.
Viveu pela espada!
S. Paulo, o homem da Palavra, o Evangelista inato:
«Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé.»

Simão… Aquele que deixou as redes, o barco e a família para pescar homens.
O cobarde que abre o peito para que o Espírito Santo habite e fale através dele.
É a pedra edificadora! É o detentor das Chaves!
Pedro, o Chefe da Igreja, o primeiro discípulo a fazer uma Profissão Messiânica:
«Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo».

Nos tempos em que vivemos,
Pedro e Paulo são modelos que devemos seguir para toda a VIDA!
Homens que se revelaram em Fé profunda.
Homens que após o encontro com o Mestre, mudaram de vida.
Homens fortes! Homens valentes! Homens de palavras que se transformam em atitudes.

Caríssimos,
que a Fé habite no coração de cada um de nós.
Não podemos fazer dos nossos dias uma rotina fútil e sem Deus.
Que a lembrança da Ressurreição do Messias,
de que Pedro é testemunha, seja o nosso maior alento!
Que as cartas de Paulo sejam o nosso ponto final,
para qualquer dúvida ou anseio que atormentem a estrada que percorremos!
e… que o Amor seja o primeiro e o último motivo pelo qual vivemos!

Hoje, é urgente ser Paulo e ser Pedro…
A vida é Dom de Deus.
Que a queda do cavalo nos resgate de todo o mal…
Que o sabor do mar nos faça bravos pescadores de homens…

Liliana Dinis


ALARGAR HORIZONTES (LXVIII) - As tuas férias