sexta-feira, 11 de março de 2016

V DOMINGO QUARESMA C


Festa do Perdão (2º ano): O NOME DE DEUS É PERDÃO

Em pleno Ano Santo da Misericórdia, esta celebração assume um significado 'redobrado' e mais 'interpelador', não só e não tanto para as crianças que fizeram a Primeira Confissão, pessoal e individual, mas para todos os que tiveram a graça de estar envolvidos e para as comunidades. A alegria do reencontro, a festa da vida nova... são mais fortes que os males e pecados cometidos. basta para isso a verdade da consciência e a humildade de 'voltar' à casa do Pai.

ALVADOS








SÃO BENTO









MIRA DE AIRE




PEREGRINAÇÃO A ITALIA em ANO SANTO DA MISERICÓRDIA

As paróquias de Alvados, Mira de Aire e São Bento propõem uma viagem, em jeito de peregrinação, entre os dias 8 a 14 de Agosto , com predominância na cidade de Roma, mas visitando também a belíssimas cidades de Assis, Florença, Siena, Pádua e Veneza. O Ano da Misericórdia é certamente um feliz 'pano de fundo' para ir ao, assim chamado, centro do cristianismo.
AS INSCRIÇÕES ATÉ 15 DE MAIO.
O programa completo pode ser encontrado nas instalações da Igrejas de Alvados. Mira de Aire e São Bento. poderá ser enviado via mail, sob solicitação, a quem desejar.

  

Festa do Pai Nosso (1º ano) UM PAI DO CÉU

Nas três comunidades paroquiais cumpriu-se uma das etapa festivas da catequese dos mais pequenos. Os que frequentam o 1º ano da catequese transbordaram de alegria, simplicidade genuína e sabedoria de 'crianças'.Com os pais e catequistas e os que, da comunidade, quiseram partilhar esse belo acontecimento, as crianças rezaram - ao redor do altar - a oração que nos une na mesma fé.
EM SÃO BENTO (21 FEV 2016)




EM ALVADOS (6 MAR 2016)




EM MIRA DE AIRE (27 FEV 2016)






PEREGRINAÇÃO DIOCESANA A FÁTIMA

 No domingo, dia 13 de Março, realiza-se a Peregrinação Diocesana a Fátima
O nosso bispo convida todos os cristãos da diocese a reunir-se junto de Nossa Senhora. 
Quem puder participe na Peregrinação, pois é um acontecimento significativo de todos os cristãos da diocese. o Guia da peregrinação está disponível em: 
http://www.leiria-fatima.pt/images/2016_noticias/10_marco/2016-03-03-peregrina_guiao.pdf

Quem desejar fazer a caminhada a pé a partir de Mira de Aire, pode encontrar-se no Largo das Escolas (a seguir ao Campo de Futebol). A partida de lá será às 7h.


O Parque de encontro em Fátima para a Vigararia de Porto de Mós será o nº 11. 
A celebração em Fátima começa às 9.15, junto à Rotunda da Rodoviária. 


IV DOMINGO QUARESMA C


domingo, 6 de março de 2016

CATEQUISTAS EM TEMPO DE REFLEXÃO (3 em 1)

Os catequistas das paróquias de São Bento, Alvados e Mira de Aire (e alguns 'bons´apêndices), voltaram a 'ir às fontes' da sua fé e da sua missão. No dia 6 de Março, na Casa dos Monfortinos, em Fátima, reflectiram e meditaram sobre o tema da Misericórdia e da Quaresma, ou, se quisermos, como aprofundar a graça da misericórdia em tempo quaresmal. Além do mais foi um tempo de partilha de comunidades. De tarde escutámos o testemunho da Irmã Guadalupe, missionária em Síria e visitámos a Exposição 'Entre o céu e a terra' (patente no Convívio Sto Agostinho, no edifício da Basílica da Santíssima Trindade). Exposição evocativa das aparições de 1917 e que recomendo vivamente, a quem visitar nestes próximos tempos Fátima. Felizes os que participaram!







APÓS AS '24 HORAS PARA O SENHOR'

Creio que perpassa por toda a comunidade, por todos e cada um, dos que se dispuseram e 'entregaram' algum tempo, não deixando passar em vão este significativo, humilde, sereno e profundo acontecimento, uma espécie de 'bom' dever cumprido e gratidão, porque Deus nos faz algumas propostas, tão simples e tão universais. Rezar e estar algum tempo diante de Jesus Eucaristia durante 24 horas, continuamente, com a consciência de que em todo o mundo tantos outros irmãos (certamente muitos milhares) estavam na mesma sintonia, na mesma comunhão, é um gesto testemunhal 'maravilhosamente' estranho. Claro que muitos preferiram outras iniciativas, mas creio que nenhuma - entre as centenas de pessoas que passaram entre as 18 de sexta e as 18 de sábado - deu o seu tempo por 'perdido' ou 'inútil'. Há muitas coisas na relação com Deus, que nos colocam em relação também com os outros, indizíveis e nada espectaculares. Foi bom ter a percepção de agradáveis surpresas, isto é, de alguns 'grupos' que se organizaram e até pela madrugada nunca 'abandonaram' Jesus. Ele nunca ficou só durante as 24 horas. Desde alguns grupos dos quarentões, presentes e passados, aos Bombeiros, ao grupo que veio da comunidade de São Bento, até aos que conseguiram juntar um pequeno grupo 'ad hoc', e a todos as grupos paroquiais, às pessoas individuais (sei de alguns que dedicaram e passaram mais de 5/6 horas junto a Cristo na Eucaristia), tudo concorreu para um verdadeiro espírito de partilha e de comunhão. A dignidade com que cada um preparou o seu momento (a sua hora de oração e contemplação), faz-nos sentir uma comunidade viva, confiante e capaz de se 'abrir à dimensão de Deus Pai', e de ir ao 'seu encontro' com um coração generoso. Alguns poderão dizer: e então? O que é que mudou no mundo? A resposta está só nisto: quem é capaz de deixar algo (até importante) por um bem maior que abranja os outros então é esse o caminho! Felizes os que quiseram e puderam participar. Pela minha parte, foi a realização duma feliz iniciativa, que o Santo Padre nos propôs e à qual muitos quiseram dizer 'sim'!