DESTAQUE

INFORMAÇÕES PAROQUIAIS - Retoma de celebrações e acções suspensas

RETOMAMOS O NOSSO CAMINHO COM A NORMALIDADE POSSÍVEL «Nesta hora de ação de graças a Deus, queremos também exprimir o nosso reconhecimento a...

quarta-feira, 3 de junho de 2015

CRISMA INTERPAROQUIAL em São Bento

No domingo, dia 31 de Maio, parafraseando a frase comum, todos os caminhos foram dar à Igreja de São Bento.Provenientes de Mira de Aire, de Alvados e de São Bento, um grupo de jovens e alguns adultos (24), receberam pela Imposição das mãos do Sr. Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, o dom do Espírito Santo. A Igreja de São Bento ficou repleta de crismandos, familiares, amigos e restante comunidade paroquial.Todos puderam saborear a alegria e, na oração, partilhar a fé com os protagonistas. Como afirmou o Sr. Bispo: "a fé quando é vivida com alegria torna-se um autêntico sinal de esperança neste mundo inundado por tantos sinais de desesperança, desespero!" 
Na noite anterior, numa bela e simbólica celebração, realizou-se uma vigília de oração na Igreja de Mira de Aire. Através dos sinais, iluminados pela Palavra de Deus, rodeados pelos familiares, os crismandos prepararam o coração para o sacramento que iriam receber. As comunidades cristãs destas três paróquias ficam assim mais enriquecidas por este dom, concedido a este grupo de jovens e adultos. Que eles sejam fermento novo e dinâmico na vida da Igreja.



segunda-feira, 1 de junho de 2015

TERÇO COM MARIA Conclusão do Mês de Maria (Mira de Aire)

A devoção e o louvor a Maria não se limitam a algumas datas (a um mês), porque a sua solicitude materna para connosco e com a humanidade, é permanente. Mesmo assim, na Igreja Paroquial de Mira de Aire - e também nas igrejas paroquiais de Alvados e São Bento - viveu-se um mês de Maio intenso e cheio de fervor a Maria, Mãe de Jesus. 
No dia 30 de Maio, pelas 21h, 'guiados' pelas crianças e jovens da catequese, a comunidade paroquial de Mira de Aire reuniu-se dentro da Igreja (pois o tempo adverso não permitiu que a celebração se realiza-se no Largo da Igreja, como previsto), para realizar um 'terço vivo', na conclusão deste mês. Nas meditações, no canto e na oração viveu-se intensamente o mistério da Visitação de Maria e o encontro feliz com Isabel. Desse encontro evangélico a assembleia pode entender melhor que só o amor pode levar ao serviço e resultar em autêntica alegria. 
A luzes que se acenderam em cadência, à medida que se ia rezando, formando lentamente as dezenas do terço, iluminaram o espaço e certamente os corações dos que participaram.