A VER


Calendário Interparoquial

sábado, 7 de março de 2020

SEMANA DA CARITAS

SEMANA DA CARITAS

A Caritas é uma instituição cristã que apoia e intervem na acção social, nas necessidades emergentes. Também alguns habitantes, com mais dificuldades sociais e económicas, das nossas terras têm beneficiado desse apoio. Apoiar a Caritas é ajudar quem mais precisa.

* Peditório Público: 12 a 15 de Março

* O ofertório da Missa do próximo domingo será entregue à CARITAS.

------
Por ser uma atividade integrada no tempo quaresmal, a Semana Nacional Cáritas não tem uma data fixa. Acontece todos os anos, na semana que antecede o Dia Cáritas, insistido pela Conferência Episcopal Portuguesa no 3º Domingo da Quaresma.
Em 2020 será de 8 a 15 de março e terá com o tema “Cáritas é Amor”. Durante esta semana as diferentes Cáritas diocesana que compõem a rede nacional Cáritas promoveram momento de envolvimento público e de animação local. A nível nacional o destaque é, naturalmente, para o peditório público, entre os dias 12 e 15 de março. 
Este é um momento que a Cáritas privilegia não apenas pela sua dimensão de angariação de verbas, que se destinam à ação local de todas as Cáritas diocesanas, mas por ser uma oportunidade de contacto direto com a população, com aqueles que apoiam a missão da Cáritas e, também, em muitas situações, com aqueles que são beneficiários da ação da Cáritas em Portugal.
No ano de 2019 a rede nacional Cáritas registou o atendimento a perto de 100 mil pessoas. Estes são números que representam uma leitura da sociedade portuguesa que nos continua a dizer que há um número demasiado elevado de pessoas que necessitam de apoio da sociedade civil para poderem responder às necessidades básicas de sobrevivência e de dignidade humana. Contudo, não se pode deixar de registar uma diminuição face ao ano de 2018, o que para a Cáritas representa também um olhar de esperança e de realização face ao trabalho que é realizado durante todo o ano com o apoio de muitos profissionais, voluntários e, principalmente, de todos os que nos apoio para a concretização de uma missão que é diária.

“O apelo que faço foi também formulado naquele Dia Mundial da Paz: «Sintamo-nos responsáveis pela sociedade em que vivemos e participemos em reflexões de aprofundamento que levem a atitudes, segundo princípios e valores de defesa do bem comum. Os cristãos devem estar na linha da frente, no interesse pelo bem da sociedade em que vivem». Porque “Cáritas é amor” e o amor é criativo, é desejável que a semana Cáritas seja uma oportunidade para crescer em reflexão e ação.” (D. José Traquina, presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana)
---------





Sem comentários:

Enviar um comentário