terça-feira, 15 de setembro de 2015

ASSEMBLEIA DIOCESANA

Aqui fica o convite à participação, no sentido de nos sentirmos mais em comunhão com todas as comunidades cristãs da diocese, com o nosso bispo e percebermos melhor o que queremos e devemos 'fazer' nestes próximos tempos da nossa vida cristã.


domingo, 13 de setembro de 2015

ECOS DE UMA PEREGRINAÇÃO À TERRA SANTA

Desde o dia 31 de Agosto a 7 de Setembro um grupo de 37 pessoas rumou a Israel, ou Terra Santa. De várias proveniências, mas na sua maioria de Mira de Aire e São Bento. Creio que para todos os que participaram foi uma 'graça' e uma experiência inolvidável. Trilhar caminhos, percorrer veredas, subir montes, navegar águas, ver com os próprios olhos lugares e sítios tão escutados... por onde passou, falou e agiu Jesus de Nazaré, é, de verdade, algo que não se descreve facilmente em palavras porque se faz uma experiência de certo modo 'misteriosa', que surpreende e, acima de tudo, se sente de modo muito pessoal.
A serenidade com que decorreu a peregrinação, sem percalços de maior, a extraordinária 'sabedoria' e lucidez da pessoa que nos guiou durante todo o dia e todos os dias, a Selma, a harmonia entre todos os participantes, a boa organização da agência Via Lucis pelas mãos da alvadense Patrícia... deram um sabor a 'pouco' tempo para tanta coisa.
Foram dias preenchidos e bem cheiinhos, de cultura, de beleza, de algumas 'risadas' e também muito de oração. Aliás, creio poder dizer que, mesmo para os que foram com algum pensamento menos abonatório - pensando que poderia ser uma viagem beatífica (diga-se para beatos) -  foi a oração que nos guiou e iluminou em certos lugares, como um alimento para cada dia (nos montes Carmelo e das bem-aventuranças, em Caná, na Igreja de Dominus Flevit (o Senhor chorou), em Belém e na Capela da Morte e Ressurreição). Fizemos questão de nesses momentos tão fortes e íntimos de unir e abraçar tantas intenções, alargando essas celebrações a tantos que não tiveram a 'graça' ou a possibilidade de estar alí, as que cada um levava consigo e que como grupo nos lembrámos.
Como dizia a guia (Selma) os que foram seriam chamados 'escolhidos', eu chamei-lhes 'sortudos' e 'agraciados' com tudo o que estas palavras podem significar pela positiva.
Embora para mim não tenha sido a primeira vez(já foi a quarta), é sempre uma novidade, uma aprendizagem e a renovação da descoberta do 'tesouro precioso' que Cristo nos deixou e de onde se podem tirar 'coisas velhas e coisas novas'.
Oxalá outros possam um dia fazer esta experiência de 'peregrinos' na Terra de Jesus.
Pluis

































INSCRIÇÕES ACTIVIDADES PAROQUIAIS


PREPARAÇÃO CONSAGRAÇÃO Nª Srª (à maneira de S. Luis de Montfort)

DIA PAROQUIAL DO DOENTE 2015


XXIV DOMINGO COMUM B


terça-feira, 8 de setembro de 2015

NATIVIDADE DE NOSSA SENHORA - 8 de Setembro
Quem seriamos nós, sem o seu nascimento? Sem o seu 'sim', aquela resposta que 'virou' a humanidade, sem aquele 'faça-se segundo a Tua vontade'?
Hoje é o dia de dar graças por todas as vidas, pela nossa, e por todas as que Deus permitiu no meio de nós!
Pergunte-se a quem se quiser, em qualquer situação de vida, e Nossa Senhora será sempre uma mãe com um nome próprio e que tem todos os nomes 'belos' que Deus nos dá!
Escutemos esta bela canção e deixemos que ela fale ao coração!
Obrigado Maria de Nazaré...., de Belém.... de Jerusalém... do Céu!




XXIII DOMINGO COMUM B