A VER


Calendário Interparoquial

domingo, 25 de setembro de 2016

CONCERTINAS BARRENTA 2016

Concertinas, tasquinhas, 'no espeto', diversidade.... Para todos os gostos! Foi assim uma tarde recheada de criatividade e animação na Barrenta. É claro que as 'rainhas' da festa foram as concertinas, numa panóplia imensa (talvez bem difícil de quantificar), certamente umas boas centenas de instrumentos que, juntando milhares de pessoas e uma multiplicidade de 'artesanato', deram um tom muito bonito à pequena - que neste dia foi grande - aldeia. Desde os organizadores, aos apresentadores, aos visitantes, aos 'comediantes' (que tb houve), aos artistas, às 'escolas de Concertinas', que vieram do norte e do sul, do este e do oeste, de todos os lugares e lugarejos... só se pode afirmar que é uma iniciativa que já faz 'tradição' viva e que reanima até os mais sóbrios e sórdidos! Este ano a organização primou e, no eco de várias reacções, a qualidade tem vindo a melhorar. Sabendo nós que é o 'voluntariado' que preside praticamente a quase tudo o que aqui se passa, maior 'reverência' merece a iniciativa. No fim acreditamos que estaríamos extenuados, mas pelo êxito da 'alegria' transbordante e tão espontânea que se pode constatar. também estarão muito felizes por terem contribuido para esta já 'famosa' tarde. Foi uma boa tarde.













DIA DO DOENTE - Mira de Aire

17 de Setembro. Não foi um dia inteiro, mas foi uma tarde bem intensa, vivida com o espírito que se pretendia: neste Ano jubilar da Misericórdia, estar mais perto dos que precisam dum amor maior. O centro foi sem dúvida a Eucaristia, com e pelos idosos (e não só) mais frágeis, em que a comunidade reunida à volta do altar , na oração, louvou, pediu e agradeceu ao Senhor da vida. Os protagonistas foram os doentes , mas todos os que participaram puderam usufruir desta graça de estar próximos dos mais 'próximos' da Paixão do Senhor. Seguiu-se um agradável convívio na Baiúca da Piação, com uma mesa recheada e a animação, sempre louvável, da Bandinha Mirense. Com a colaboração de muitos, o apoio de alguns quarentões e organização meritória dos membros da Pastoral da Saúde paroquial, proporcionou-se doentes e idosos um belo acontecimento. Eis alguns momentos de boa disposição.